Castelo dos Mouros – Sintra

Com mais de 12 séculos de existência, o Castelo dos Mouros é daqueles lugares que chamam a atenção mesmo de longe. Situado no alto da Serra de Sintra o local remonta a época da ocupação muçulmana na Península Ibérica e mesmo aqueles que não se interessam por história, ficam deslumbrados com a construção e com a maravilhosa vista do local que se estende até o Oceano Atlântico, onde pode ver-se do Cabo da Roca até à Ericeira e, para o interior a zona rural até ao palácio de Mafra.

castelo-dos-mouros-1
A construção foi erguida sobre um maciço rochoso e adaptada aos desníveis do terreno. Então para as pessoas que pretendem visitar o Castelo dos Mouros, saibam que o lugar é cheio de degraus e com muito sobe e desce. Mas acreditem, vale a visita! É o estilo de passeio que chama a atenção de todos, inclusive crianças, até pela mística envolvente no lugar. São 450 metros de perímetro cercados de muralhas e torres, além da presença de uma cisterna (reservatório de aguas pluviais) e uma capela. O Castelo dos Mouros é classificado Como Monumento Nacional desde 1910 e todo o conjunto de Sintra foi considerado Património Cultural da Humanidade pela UNESCO em 1995.

castelo-dos-mouros-2

 

Outros locais próximos ao Castelo dos Mouros que merecem a visita são o Palácio da Pena, o Convento dos Capuchos, O Palácio de Monserrate e sem dúvida uma parada na Vila de Sintra para um travesseiro na Piriquita.

 

História do Castelo dos Mouros

Estudos arqueológicos atestam a presença humana no local ainda no período Neolítico (5.000 anos a.C.), entretanto a primeira povoação relacionada com o Castelo datam do século VIII, quando houve a invasão muçulmana na Península Ibérica. Nesta época vivia no local uma povoação chamada “as-Shantara” que construiu a fortificação com o objetivo de controlar de um local estratégico todas as vias terrestres que ligavam Sintra a Lisboa, Cascais e Mafra. Em 1093, D. Afonso VI, que era rei de Leão, conquistou Sintra aos árabes, entretanto durante algum tempo Sintra passa por uma alternância de poderes entre cristãos e mouros. Em 1147, D. Afonso Henriques conquista Lisboa e os portugueses recebem de forma voluntaria e definitiva o Castelo dos Mouros. Nesta época foi anunciada a construção da igreja de S. Pedro de Canaferrim. Com o passar dos anos o castelo foi perdendo sua importância estratégica e ficou abandonado durante a segunda dinastia. Neste período a vegetação tomou conta o local e o local ficou abandonado. A região também sofreu um forte terremoto em 1755 que destruiu parte do castelo e da igreja construída por D. Afonso Henriques. Em 1839, com a chegada do romantismo que promovia a redescoberta da idade media, D. Fernando II começou um processo de restauração do Castelo dos Mouros com o objetivo de não deixar desaparecer o que ainda restava da muralha. Nesta época aconteceram os reparos das muralhas, a construção de vias de acesso e a arborização do ambiente, que 150 anos depois ainda nos corta a respiração durante a visita.

castelo-dos-mouros-3

Dica para os visitantes: O aplicativo Talking Heritage oferecido na App Store e no Google Play oferece uma “visita guiada” do Castelo dos Mouros (e outros lugares na Serra de Sintra), onde o visitante tem acesso a informações vocalizadas de vários pontos, dando a sensação de que o monumento conta sua própria história.

Castelo dos Mouros – Informações Gerais

Horário: Abertos de 2ª feira a domingo

Abril – Setembro: 09.30h – 20.00h – última entrada até às 19.00h Outubro | Março: 10.00h – 18.00h – Última entrada até às 17.00h

Localização e Contatos: 

Estrada da Pena – 2710-609 Sintra

Tel.: 21 923 73 00 / 21 923 73 00 – E-mail: info@parquesdesintra.pt

Website: www.parquesdesintra.pt  

Preço dos bilhetes:

Criança (até 5 anos) – Gratuito

Jovem (até 17 anos) – 5,00€

Adulto (até 64 anos) – 6,50€

Sênior – 5,00€

Munícipes – Entrada gratuita aos domingos até às 13h.

Visitas guiadas: + €€ 5,00 (com marcação prévia: Tel: 21 923 73 00)

*Existe a opção de bilhetes combinados com outros monumentos, onde existe uma redução de valor. Para mais informações clique aqui.

Como chegar:

1. De automóvel: Pode chegar à Vila de Sintra utilizando o IC19 (de Lisboa), o IC30 (de Mafra) ou a EN9 (pela A5/Cascais). Uma vez no centro histórico há sinalização vertical que indica o caminho para o Castelo (3,5km).

2. De Transporte Publico: Pode chegar à vila de Sintra utilizando a Linha Suburbana de Sintra (CP) com partidas em Lisboa. Da Vila de Sintra, o autocarro/ônibus nº 434 da Scotturb efetua o trajeto de ligação entre a estação ferroviária e o Castelo dos Mouros.

3. A pé: Existe um percurso pedestre sinalizado entre o Centro Histórico e o castelo dos Mouros. Existe ainda um percurso pedestre alternativo assinalado desde o Palácio de Seteais. 4. De bicicleta: Pode alugar, no centro da Vila de Sintra, uma bicicleta eléctrica (ParquesBike) e passear tranquilamente pela Serra de Sintra até ao Parque da Pena (disponível todos os dias da semana).

*Recomendamos que confirmem as informações aqui apresentadas antes de visitar o Castelo, uma vez que as mesmas podem sofrer alterações sem aviso prévio.

 

Gostas deste post? Partilha com os amigos!

Pin It on Pinterest