Boca do Inferno em Cascais

Um dos pontos de visita mais famosos de Cascais é a Boca do Inferno, trata-se de uma formação única nas rochas à beira do oceano. Acredita-se que antigamente este local era uma gruta que com o tempo e a força do mar acabou cedendo e deu origem ao cenário como é conhecido hoje. Atualmente a Boca do Inferno é uma cavidade a céu aberto, com uma espécie de arco por onde entra a água do mar.

 

Boca do Inferno - Photo: lele3100 (Wikimedia Commons)Boca do Inferno – Foto: lele3100 (Wikimedia Commons)

Em dias de mar mais agitado pode ouvir-se o som da água a golpear as rochas, um barulho tão único que faz analogia ao nome do local. Ao chegar à Boca do Inferno é possível contemplar a beleza do lugar de cima, no entanto também há um caminho que leva ao outro lado do “arco” da cavidade, por onde entra a água. Este local é já muito próximo da água e é possível daí apreciar a vista de toda a costa rochosa.

 

Boca do InfernoBoca do Inferno – Foto: Jeffrey Pang (Wikimedia Commons)

boca do inferno 2Boca do Inferno – Foto: Enricaf (Wikimedia Commons)

Este é um ótimo ponto para incluir em um passeio de um dia entre Sintra e Cascais, partindo de Lisboa. Comece o dia a experimentar o famoso Travesseiro da Piriquita, na Vila de Sintra, siga para o Palácio da Pena e Castelo dos Mouros. Após visitar estes monumentos é hora de conhecer o Cabo da Roca, Boca do Inferno e depois Vila de Cascais. No regresso a Lisboa passe pelo Estoril e toda a marginal junto ao Rio Tejo. Havendo tempo, há pela costa uma ciclovia com uma vista incrível. Pode alugar-se bicicletas na região para desfrutar melhor o passeio.

O vídeo abaixo mostra um dia atípico de ondas muito fortes. É possível ouvir o barulho do vendo e o som único das ondas a bater nas rochas.

 

Gostas deste post? Partilha com os amigos!

Pin It on Pinterest